Arte viva

Já partilhei convosco a minha galeria de fotos na minha sala aqui. Mas como devem ter reparado, ainda há espaço para colocar mais coisas. E acho que é mesmo bom ter esta sensação de que nada está finalizado porque nos dá a motivação para ter ideias à volta destes projetos, poder fazer melhorias, etc.

Estava eu há umas semanas no Brunch Café em Lisboa (já não é a primeira vez, como podem ver no link), em família, e a funcionária ofereceu logo ao meu filho umas folhas de papel, lápis de cor e de cera e um afia (que na verdade ele achou muito mais interessante perceber o que era e como funcionava).

Mas, entre panquecas, chá e conversas, quando estávamos quase a sair, olhei para os rabiscos do meu filho e pensei: arte!

As cores que ele tinha escolhido ficavam muito bem com a minha palete de cores nesta galeria da sala, os rabiscos têm uma certa “força” ou energia que me captou o olhar… e por isso decidi: vais ficar na minha parede!

Agora só tenho de cortar o papel certinho, encontrar uma moldura que se enquadre no espaço e… voilá!
IMG_2587 IMG_2588

Precisa também perder o look amarrotado, mas basta uma semana dentro dos Lusíadas para ficar lisinho, lisinho!

Anúncios

Uma opinião por dia...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s