w38

Há semanas assim. Gastamos energia em excesso ao olharmos para uma lista de tarefas gigante que acabámos de escrever. Executamos uma tarefa e surgem mais cinco. A vontade de ter uns dias de férias extra quando já não se tem mais até ao Natal. A por vezes falta de ar. O desconforto físico de uma grande dor de costas que se acumula já há um par de anos.

E depois, numa simples fração de segundos, congelamos. Afinal nada disto é verdadeiramente importante. Mentira, é importante, mas não é o mais importante. E quando a vida nos prega um susto, obriga-nos a sair do lugar. Obriga-nos a parar para pensar em tudo. O importante e o mais importante.

22404941edc70719af7165d0a1524848

Anúncios

Uma opinião por dia...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s