resoluções

Voltámos à pressão do novo ano. Já não comemos chocolates de ânimo leve, já quase toda a gente se inscreveu no ginásio, a música de natal que ainda passa nos centros comerciais já começa a ser ligeiramente irritante, já se colocaram as primeiras moedas no porquinho mealheiro para as férias de verão e já nos voltámos a chatear mais uns com os outros (que nem no Grupo das Mães do Facebook).
No meu caso pessoal, é hoje o sexto dia do ano, e ainda não voltei a fazer o meu saudoso sumo verde matinal, que tanta energia me dava e me punha na linha num instantinho…mas também ainda não estou habituada à rotina matinal de acordar às 6 da manhã (#imoral) e nunca consigo encontrar tempo para o fazer. Lá chegaremos!

Outra boa também era poder arranjar 5 minutos de manhã para ler as notícias e sentir que vivo neste mundo e de facto sei o que se está a passar (para além das ameaças constantes do Ciclo da Vida da Guarda do Leão – sei tudo sobre o canal Disney Junior). Consegui fazer isso um dia, não foi mau…

Também queria ter a coragem de mudar o tapete da sala pelo novo que comprei há 6 meses atrás, mas com a variável “pirralho de 4 anos que adora canetas de feltro e plasticina”, apetece-me que o atual fique no chão até os miúdos fazerem 18 anos.

Assim, na minha primeira semana de 2017, numa reflexão completamente inesperada e não premeditada:

Perdoem-se se os principais itens da vossa lista de resoluções parecem longe de serem cumpridos. O ano começou agora e o importante é não perder a energia de voltar a tentar.

Está tudo bem (tirando a gripalhada que caiu sobre mim). Bom fim de semana.

***

We are back to the pressure of the new year. We no longer eat chocolates lightly, almost everyone signed up in the gym, the Christmas music in the shopping centers is starting to be slightly irritating, we are already putting the first coins in the little piggy bank for the summer holidays and we have already been upset with each other, it’s not só peace and love anymore.

In my personal case, it is today the sixth day of the year, and I have not returned to do my longing morning green juice, which gave me so much energy and put me in shape in an instant … but also I am not used to the morning routine of waking up at 6 am (#imoral) and I can never find the time to do it. That time will come.

Another good thing was the idea to be able to get 5 minutes in the morning to read the news and feel that I live in this world and in fact know what is happening (apart from knowing all there is to know about the Disney Junior Channel). I managed to do it one day, it was not bad…

I also wanted to have the courage to replace my rug in the living room with the new one I bought 6 months ago, but with the variable “4 year old brat who loves markers and play-doh, I feel like the current one will stay on the floor until the kids turn 18 years old.

So, in my first week of 2017, in a completely unexpected and not premeditated reflection, state:

Forgive yourself if the main items on your  resolution list if they seem far from being fulfilled. The year started now and the important thing is not to waste the energy and keep trying to make it work.

It’s all good (apart from the flu).Have a great weekend.

Anúncios

Uma opinião por dia...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s